O que é produtividade? 4 mitos que você já viu e não sabia!

Todas nós já ouvimos em algum momento sobre como ser mais produtiva. Transformar uma hora em um dia e diversas fórmulas mágicas para ter mais produtividade na sua vida. Mas, para você, o que significa ser produtiva?

Se formos pensar na definição, ser produtiva é a capacidade de produzir alguma coisa. Porém, esse conceito não é o mesmo para todo mundo. Para algumas pessoas, ter produtividade é desenvolver vários projetos ao longo da semana. É estar ocupada. Para outras, é a capacidade de praticar algum esporte e ter tempo com a família.

Independente do motivo pelo qual você deseja ter mais produtividade, saiba que existem vários mitos envolvidos. O que não faltam são dicas e modelos que “potencializam” o uso do seu tempo. E falei entre aspas porque, na verdade, pode ter o efeito completamente contrário.

Por isso que hoje vou explicar melhor sobre os mitos da produtividade. Aqui você vai entender o que realmente vai te ajudar, o que é furada e muito mais.  Quer começar agora mesmo a ser mais produtiva? Então veja agora os mitos que você tem que ficar de olho: 

1) Produtividade é a capacidade de sempre se manter ocupada 

Ser produtiva é estar ocupada

Esse é o primeiro mito que com certeza você já deve ter ouvido pelo menos uma vez na vida. Existem várias definições que  você pode encontrar, mas a que mais me identifiquei foi a do Geronimo Theml, que é considerado por muitos uma referência nesse assunto. 

“Produtividade é o equilíbrio entre tempo e a realização”.

Se você se sente feliz com o que está fazendo hoje e consegue aproveitar bem o seu tempo você está sendo produtiva. Mas um erro que muitas pessoas fazem é confundir produtividade com a capacidade de fazer mais coisas. 

Na verdade, fazer várias atividades não necessariamente quer dizer que você foi produtiva.  Pense em duas situações que com certeza você já deve ter passado em algum momento:

*Você teve um dia cheio de tarefas e chegou em casa extremamente cansada.

*Você teve um dia com muitas atividades e, mesmo quando chegou em casa, ainda tinha mais energia e feliz por ter feito tudo.

Das duas frases que eu falei acima, qual representa produtividade para você? Se a sua resposta foi a primeira, saiba que você está associando produtividade com ocupação. Então, quanto mais coisas para fazer maior vai ser a sua sensação de estar sendo “produtiva”. Mas, mesmo assim, no final do dia você vai ter coisas que deveria ter feito e não deu tempo.

Então o primeiro mito é que produtividade é sinônimo de ocupação. Você pode fazer muitas tarefas ao dia, mas o que te torna produtiva é a capacidade de produzir o que é importante. É  a forma de priorizar as tarefas que realmente precisam ser feitas.

E a segunda frase do exemplo está diretamente ligada a isso. Você realizar as tarefas realmente importantes, ver o resultado disso e se sentir motivada. Quando estamos fazendo alguma coisa, várias atividades entram no nosso dia a dia de forma não planejada. Algumas podem ser feitas outros dia, outras só ocupam tempo e tem as que precisam ser feitas.

Ser produtiva é fazer as tarefa que precisam ser realizadas. É estabelecer prioridades, saber dizer não nas horas que precisa. Estamos falando sobre produtividade para quem quer tempo e não para se ocupar mais. 

Concluindo, se livre de tudo o que te atrapalha. Não sabe por onde começar? Responda: “O que eu preciso fazer hoje?” Anote e priorize essas atividades e todas as que vão surgir no caminho. Ao final do dia, avalie se você fez mais do que precisava ou só se ocupou.

2) Produtividade é saber ser multitarefa
Produtividade é ser multitarefa

Esse é outro mito que atrapalha muito a sua vida. Muitas pessoas acabam tendo a ideia errada de ser produtiva. Quando você investe em ser multitarefa, ou seja, realiza várias coisas ao mesmo tempo, pode ter o resultado oposto.

Se você trabalha, pensa na situação:

“Você precisa entregar um relatório e começa a escrever. Mas surge um colega de trabalho e pergunta uma questão simples que ele poderia ter resolvido sozinho. Em seguida, você vê a notificação do seu celular que tem uma mensagem para você no WhatsApp. Olha rapidamente e volta para a parte de e-mail, já que tem tempo. Vê se tem um e-mail novo. Opa! Tem e-mail e você responde. Então depois começa a fazer o seu relatório.”

Não vou me estender muito, mas você percebeu que “fez” 4 tarefas diferentes ao mesmo tempo? Mas será que você realmente teve um bom resultado nessas atividades? O fato é que fazer várias coisas ao mesmo tempo não quer dizer que vão ter o máximo de potencial. Isso porque você não está 100% concentrada em realizar essas tarefas.

Então o resultado pode não sair tão bom quanto se você tivesse focado nisso. É o que define o estado de “Flow” (ou fluxo), que é a entrega total da atenção ao momento presente. Se você está 100% concentrada em fazer um texto, este material vai sair incrível. Ao desenvolver um relatório, este vai ter muito mais ideias porque a sua concentração está totalmente ali.

Quer colocar esse conceito em prática? Dedique um tempo para a realização de uma atividade específica. Desligue notificações do celular, do e-mail e foque naquilo. Dê o seu melhor, coloque toda a sua energia nisso. E você vai ver a diferença do resultado que vai ter. É batata gente!

3) Para ser mais produtiva, você deve ter apenas força de vontade

Força de vontade 

Outro mito que atrapalha muito na sua busca em ter mais produtividade é focar apenas na força de vontade. Sem dúvidas, uma ótima forma de começar, mas não é só isso. Para se ter resultado com a força de vontade é importante ter um propósito. Por que você quer ser mais produtiva? O que te move em busca de uma maior produtividade?

Esse propósito vai fazer com que você tenha força de vontade de realizar todos os dias. Cada momento é único, sendo alguns bons e outros nem tanto. Com produtividade é a mesma coisa, já que nem todos os dias você vai ter 100% de resultado. Mas isso você vai entender melhor a seguir.

4) Uma vez produtiva, sempre produtiva

Sempre produtiva

Talvez você pense que produtividade é um objetivo que, uma vez alcançado vai se manter para sempre. Mas se engana. É um mito pensar que ser produtiva vai ser um caminho linear e que uma vez trilhado isso vai se manter assim.

Terão dias em que você vai dar 200% e realizar tarefas além do esperado. Mas também terão outros dias em que você não vai ter a mesma energia e nem o mesmo resultado. E isso é super normal, pois você é humana. Bons momentos vão acontecer e outros nem tanto, logo não se cobre sempre pelo seu melhor resultado.

Invista na constância das suas ações, como escrever no seu planner ou se concentrar nas atividades na hora em que fizer. Isso com certeza vai te ajudar nos dias em que a sua produtividade não estiver tanto em alta. Na verdade, mesmo nos momentos em que a sua energia estiver baixa, vale ainda mais a pena se manter disciplinada. Essa é a diferença entre uma pessoa realmente produtiva e outra não.

Mas, acima de tudo, valorize a sua evolução. Não é porque você ainda não chegou no seu objetivo que não vai comemorar as pequenas vitórias. Lembra do lema aqui da Gherma: Sonhe, Planeje, Realize e Celebre! Para cada avanço que você teve, por menor que seja, celebre. Você antes não fazia nada do que precisava e agora faltam duas coisas? Comemore. Tem muitas tarefas, mas conseguiu realizar uma que antes não conseguia? Comemore bem. 

Isso é importante para você se sentir bem acompanhando a sua evolução. Na maioria das vezes focamos muito no quanto falta para chegar a um ponto, mas não olhamos o quanto avançamos. Não valorizamos o percurso. É esse passo, muitas vezes pequeno, que faz toda a diferença na sua vida. Ninguém nasce produtivo, mas ao longo da vida encontramos formas de tornar isso possível. O que inclui um outro ponto importante: você é única.

Algumas dicas vão funcionar com você e te fazer melhorar na gestão do tempo, outras não. E o problema não está no método ou em você, mas sim na falta de autoconhecimento. Quem nunca tentava se organizar com agenda (em vão, já que não dava certo),  que se encontrou no Planner?

Ou mesmo quando já teve outros planners, mas se encontrou nos modelos da Gherma? Ou vice-versa, porque cada pessoa tem a sua forma de se manter motivada. Então entenda o que dá certo para você, acima de tudo. Funcionou uma ação? Ótimo, agora o que falta para melhorar? Não tem uma forma fácil de se manter produtiva, mas sim a sua constância nas ações que organizam a sua rotina.

E se você quer ver mais dicas de como ser mais produtiva no seu dia a dia? Continue aqui no Blog e não deixe de seguir as nossas redes sociais. No Facebook e Instagram tem um monte de conteúdo legal para você colocar em prática na sua rotina. E compartilhe colocando a #gherma para eu ver, ok?

Leave a Comment

0
como-usar-seu-planner-6não seja uma pessoa multitask